Luciane Hoepers comenta caso de MC Biel e a intolerância nas redes sociais: “Valores familiares devem ser resgatados”

A nova sensação do mundo fitness, a modelo Luciane Hoepers, se manifestou sobre a maior polêmica dos últimos dias, o comportamento do cantor MC Biel.

“Acredito que esta era digital, onde se constroem heróis e ídolos por quantidade de seguidores e “likes”, formadores de opinião sem qualquer fundamento ético e valores morais fez- se perder o limite entre o direito de expressão e respeito ao próximo. .. O comportamento do MC Biel com a repórter , mesmo sendo justificado pelo mesmo como brincadeira é inadmissível e desrespeitoso a ela e seu profissionalismo. Maior perplexidade causa a defesa dos fãs em pro ao MC , comprovando o domínio que um ídolo pode ter sobre os fãs e seu comportamento . Considerando ainda que neste caso a maioria são adolescentes , fase onde o caráter ainda está sendo definido por exemplos e convivências “, pondera Luciane.

A loira, que vem treinando muay thai na academia Rio Fight 21, no Rio de Janeiro e pretende entrar em competições em breve, também revelou que já presenciou casos dos mais diversos nas redes sociais.

“Eu mesma presencio todos os dias declarações de amor , ataques e críticas em minhas redes sociais e tenho a consciência que sou referencia para muitos . O que me faz ter maior cautela em minhas opiniões e publicações. Política, futebol ,religião e emitidas em redes sociais, ou mídia são alguns assuntos críticos que abrem espaços para discussões quentes”, revela a Musa.

A loira também revelou que já foi vitima de ataques virtuais e lembra que o fanatismo que hoje assola as redes sociais pode ser perigoso para convivência democrática entre as pessoas.

“Já passei por uma situação em que tirei uma foto apenas com um livro que estava lendo chamado “Mossad” ( livro que narra operações especiais contra o Terrorismo) com um símbolo Israelense na capa como uma dica de leitura e sem levantar qualquer bandeira e meu post foi “massacrado” e excluído em menos de 10 minutos. Valores familiares devem ser resgatados para que limites sejam estabelecidos e respeitados para uma melhor convivência em sociedade”, diz Luciane Hoepers.

Luciane Hoepers - Foto: Rafael Antonio / MF Models Assessoria
Luciane Hoepers – Foto: Rafael Antonio / MF Models Assessoria