VISITAMOS A FAZENDA NOVA CHANCE
PARA CONHECER OS BASTIDORES





Naiá estreia em grande estilo – Com casa lotada, cantora brilha no palco do Raiz Bar em São Paulo

                                                                               Créditos – Julian Lepick

Naia, considerada a nova voz do Pop Rock Eletrônico, se apresentou na noite da ultima terça-feira (28), no palco do Raiz Bar, em São Paulo. “Estou muito feliz em dividir esse momento com todos vocês. É a realização de um sonho de uma vida inteira”, declarou a cantora.

Visivelmente emocionada, a artista, acompanhada dos músicos Tony Felix (bateria) e André Sobera (guitarra e vocal), interpretou dez músicas conhecidas, entre elas: “Ideologia” (Cazuza), que ganhou um clipe e foi exibido antes do inicio da apresentação, Meia Noite E Meia” (Marina), “Essa Noite Não” (Lobão), “Refrão De Um Bolero” (Engenheiros do Hawaii), e “Odara” (Caetano Veloso).

Todas as canções foram interpretadas com uma nova roupagem e arranjos modernos, que revelaram o seu estilo e identidade. “Escolher o repertório para esta apresentação foi uma tarefa difícil, porque muitas músicas são importantes e marcaram grandes momentos da minha vida”, disse artista.

Sobre Naiá

Nascida em São Paulo, a brasileira com sangue Guarani, Alemão e Africano Naiá Camargo transita pela cena musical desde a juventude. Começou a estudar música aos 16 anos, na Oficina Teca Alencar, e se apaixonou pelo canto erudito. Logo depois, foi morar na Inglaterra, quando aperfeiçoou seus estudos no canto, piano e Saxofone.

De volta ao Brasil, retomou os estudos na área com as professoras Raquel Barcha, seguida por Anita Dixler e a Annick Dubois. Esta experiência possibilitou que ele pudesse trabalhar com a técnica e postura erudita para se iniciar no canto popular.

Com a veia artística sempre pulsante, a cantora também se formou em Artes Cênicas pelo TUCA, enquanto simultaneamente concluía a faculdade de Economia.

Naiá Camargo é uma cantora contemporânea, que encontrou no pop rock eletrônico a sua identidade musical. Sua miscigenação cultural, sua paixão pela arte e sua energia forte e visceral trazem uma nova bossa a canções já conhecidas do público.  Na sua interpretação, as canções são apresentadas com uma roupagem completamente reformulada, trazendo claramente o estilo e a identidade de Naiá.